Marguerite (2015)

Marguerite

A francesa Catherine Frot dá um passeio nesse drama cômico sobre uma socialite que cima em ser cantora lírica

A comédia francesa Marguerite é de uma tristeza trágica incômoda. Conta a história real de uma socialite sem noção que tenta ser cantora lírica sem voz para tanto. E o pior não é nem isso, porque, para desespero de seus anfitriões, ela desafina e muito. “Ela sempre foi assim?”, pergunta um convidado assustado com a performance dessa artista amadora. “Não meu caro, ela melhorou bastante”, ironiza o outro, pedindo que ele feche logo a porta.

Baseado na trajetória da norte-americana Florence Foster Jenkins, o filme comove o público em meio às gargalhadas dadas quando a protagonista abre a boca para cantar. Mergulhada em seu delírio pessoal, ela não se dá conta de que não talento e ninguém tem coragem de chamá-la à realidade. E quem teria coragem para tanto quando se é rica, poderosa e gente boa?

Nem mesmo o marido infiel (André Marcon) que nutre um velado carinho por ela e seu fiel mordomo, o ótimo Denis M’Punga, são capazes de tamanha covardia. E a coisa vai ficando feia quando dos saraus domésticos, ela resolve alçar voos mais audaciosos quando quer cantar em templos sagrados da ópera. Sua ingenuidade cega acaba motivando os trambiques de dois jovens que tiram proveito da situação explorando a coitada de todos os jeitos.

A atuação de Catherine Frot é assombrosa, deixando o público em transe diante de sua figura digna de comiseração e paixão. O que nos faz refletir o que leva um ser humano a se expor ao ridículo a ponto de não se dar conta de tal exposição? Vaidade, ego inflado, a ausência dele, solidão ou meramente um amor delirante pelo o que faz?

Fique atento. Uma versão norte-americana está prestes a entrar em cartaz no Brasil com direção de Stephen Frears e protagonizado pela diva Meryl Streep. Vai ser um estouro, mas duvido que Meryl supere a atuação soberba da francesa Catherine. Vamos aguardar.

* Este texto foi escrito ao som de: Kissing To Be Clever (Culture Club – 1982)

Culture Club

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s