O Presidente (2014)

Presidente

Fábula iraniana sobre a perda do poder teve como motivação histórias que aconteceram em países sucumbidos pela primavera árabe

De todos os cineastas iranianos conhecidos do Ocidente, Mohsen Makhmalbaf talvez seja, vamos dizer assim, o mais obscuro. Então se você nunca ouviu falar do cara dê um pulo ali no Libert Mall para ver o impressionante drama, O Presidente. Narrado em tom de fábula, conta a história de um governante de uma terra distante que é destronado do poder por revolta popular. Pode parecer viagem, mas há certa semelhança com a realidade brasileira.

Ao descer o inferno junto com o neto, ele sente na pele as barbaridades sociais que submeteu seu povo. Caçado como se fosse um animal selvagem pela população miserável de seu país e os soldados da oposição, se disfarça de músico para fugir do país. Uma jornada marcada pela fome, insegurança e medo, tudo visto pelo olhar inocente do pequeno neto vivido pelo cativante Dachi Orcelashiv.

A semelhança como o italiano A Vida é Bela é inevitável, mas há diferenças do ponto de vista com relação à temática da opressão. Nesse quesito, O Presidente é muito mais brutal, com algumas cenas chocantes. A mais contundente delas a sequência final, que faz menção ao que aconteceu ao tirano Kadafi da Líbia. “As pessoas perdem a noção”, comenta alguém, tentando justificar a sede de justiça dos oprimidos.

Produção iraniana rodada toda na Geórgia, o que confere uma premissa universal à fita, O Presidente, segundo admitiu o diretor, foi inspirado nas histórias dos países que sucumbiram aos ventos de mudança soprados pela primavera árabe. Bem que o Brasil poderia passar por uma catarse político-social como essa. Mas o que falta é coragem do povo.

* Este texto foi escrito ao som de: Doces Bárbaros – Ao Vivo (1976)

Doces Bárbaros

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s