Esqueceram de mim (1990)

Home-alone

Macaulay Culkin na época em que era apenas um garotinho fofinho abandonado pelos pais numa mansão prestes a ser assaltada por dois bandidos atrapalhados

O que Macaulay Culkin e Ferris Bueller – o antológico personagem do clássico “Curtindo a Vida Adoidado” -, têm em comum? John Hughes. Mas quem é John Hughes, afinal? Simplesmente um dos mais bem sucedidos cineastas e roteiristas dos anos 80. Se você não sabia disso então perdeu o bonde passando. Quer ver?

Bem, você pode não ter se dado conta, mas quando era pequeno e andava de pé no chão e short puído por aí, assistiu na Sessão da Tarde a muitos trabalhos do cara, sucessos juvenis como Gatinhas e Gatões (1984), A Mulher Nota 1000 (1985), A Garota de Rosa Shocking (1986), e claro, Curtindo a Vida Adoidado (1986).

Pois bem, poucos sabem, mas Hughes foi também roteirista de um dos maiores sucessos dos anos 90, a comédia, Esqueceram de Mim, estrelado pelo astro-mirim, Macaulay Culkin, na época, bem longe ser a grande estrela das telonas em sua faixa-etária.

O filme, que estreou como azarão nos cinemas, se mostrou um sucesso instantâneo fazendo quase U$$ 300 milhões de dólares nas bilheterias em menos de um ano em cartaz. Na trama, Kevin (Culkin) é um caçula rebelde que não se entende com os pais e os irmãos mais velho. A família inteira está de malas prontas para Paris, onde passarão as férias, mas na correria, veja só, esquecem o guri.

Desesperada, a mãe (Catherine Anne O’Hara), que se dá conta do ocorrido em pleno voo, tenta desesperada, em pleno Natal, conseguir uma passagem de volta e reencontrar o filho abandonado. Até lá ele vai se meter em divertidas cenas de ação ao defender a casa contra dois bandidos atrapalhados vividos por Joe Pesci e Daniel Stern.

Leve e despretensioso, o sucesso do filme se deve ao carisma moleque de Macaulay Culkin, mas também ao roteiro simples e bem bolado de John Hughes, que consegue unir numa mesma aventura doméstica humor faceiro, situações cômicas envolventes e certo humanismo pop.

Ah, sim, a direção do filme é de um tal de Chris Columbus, que fez bastante sucesso atrás das câmeras com Uma Babá Quase Perfeita (1993) e os primeiros filmes da saga Harry Potter.

* Este texto foi escrito ao som de: Rio (Duran Duran – 1982)

Duran-duran-rio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s