Barra 68 – Sem perder a ternura

Filme peca pela falta de imparcialidade e rancor histórico...

Filme peca pela falta de imparcialidade e rancor histórico…

Mestre do cinema verdade e importante documentarista da realidade social, política e cultura de Brasília, Vladimir Carvalho é bastante respeitado entre gregos e troianos. Mas ninguém é perfeito, nem mesmo o mestre, que traz uma abordagem equivocada em Barra 68 – Sem perder a ternura. Já devo ter visto o documentário umas três vezes e sempre me incomodo com isso.

Lançado em 2001, a fita conta como o regime militar destruiu o modelo de educação promissor sonhado por Anísio Teixeira e Darcy Ribeiro para a UnB com a traumática invasão da polícia militar no campus da universidade, em 1968. O truculento episódio culminou com a prisão de professores, alunos, pais de alunos e visitantes. No filme, a história é contada pelas recordações e depoimentos de quem estava lá na época, inclusive com registros audiovisuais. Entre os entrevistados estão o arquiteto Oscar Niemeyer, a jornalista e escritora Ana Miranda, o cineasta Cacá Diegues e familiares do estudante/mártir, Honestino Guimarães.

Até aí tudo bem, não fosse o experiente cineasta deixar se levar pela emoção do momento e o rancor do passado, sobrepujando a imparcialidade. Imparcialidade que é um dos princípios do bom jornalismo, diga-se de passagem, esse, irmão do gênero documentário. Daí a constrangedora entrevista com Almeida Azevedo, militar que assumiu a reitoria da UnB enquanto o circo pegava fogo entre governo e estudantes.

Talvez irritado com as respostas contrárias ao que ele e sua geração queria ouvir, decide omitir sua própria opinião dos acontecimentos com narração em off deselegante e inoportuna. Com isso enfraquece todo um trabalho de pesquisa primoroso de um filme que poderia ser poderoso protesto contra um dos episódios mais contundentes da história da UnB.

* Este texto foi escrito ao som de: Hot space (Queen – 1982)

Hot Space

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s