Ulisses (1954)

O herói grego à deriva nos braços de um novo amor longe de casa...

O herói grego à deriva nos braços de um novo amor longe de casa…

Talvez Kirk Douglas seja um dos últimos heróis românticos de Hollywood ainda vivo. E houve uma época também em que o pai de Michael Douglas reinava, soberanamente, como um dos reis dos épicos, gênero cinematográfico pomposo que consagrou histórias universais marcantes da Bíblia e da literatura universal, como essa versão, um tanto quanto, pavoneada de A Odisseia, clássico poema de Homero.  

A história é conhecida, cantada em versos e prosas por trovadores ao longo dos séculos. Após vencer o duelo com os eternos inimigos troianos, o guerreiro Ulisses retorna para o seu reino, na ilha de Ítaca, e os braços da amada Penélope. Acontece que no caminho de casa esbarra na fúria de Poseidon, que o amaldiçoa a um périplo de dez anos lutando contra ciclopes (gigantes de um olho só), sereias e feiticeiras traiçoeiras. O final é um reencontro marcado por muita saudade, mas também vingança e sangue.

Produzido pelo grande Dino de Laurentiis – na época casado com a bela Silvana Mangano, então protagonista da fita no papel da triste esposa Penélope -, o filme conta com bela fotografia em Technicolor de Harold Hal Rosson, mas um roteiro chocho que não faz jus aos seus colaboradores. Entre eles dois dos grandes roteiristas da época de ouro do cinema americano: Ben Hecht e Irvin Shaw. A reflexão sobre a finitude do homem diante da eternidade dos deuses é tão insípido quanto o vinho fajuto que eles bebem em cena. “Quem é o mestre? O deus e o seu tridente ou o mortal e suas uvas?”, é um dos diálogos do filme.

Bom mesmo são as cenas de aventura protagonizada por um viril Kirk Douglas, numa época em que efeitos especiais e truques visuais eram feitos de maquetes.

* Este texto foi escrito ao som de: The Early Years (Roxy Music – 1989)

Roxy Music - Early Years

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s