Carne trêmula (1997)

As histórias de Pedro Almodóvar, apesar da sensualidade, tem moral bíblica...

As histórias de Pedro Almodóvar, apesar da sensualidade, tem moral bíblica…

O título do filme já entrega as intenções do diretor espanhol que desmascara a hipocrisia humana com seus filmes polêmicos. Demasiadamente polêmicos. Dito isso, vem a indignação. Por que dos grandes filmes de Pedro Almodóvar este era o que eu ainda não tinha assistido? Pois bem, foi uma gatinha deliciosa que parece uma personagem das tramas do diretor que me chamou a atenção para o fato. E não apenas isso, me emprestou o filme também que tem um enredo de Nelson Rodrigues.

A fita já começa tensa, com o nascimento de um bebê dentro de um ônibus em plena ditadura de Franco. Corte e 20 anos depois estamos diante dois policiais em serviço discutindo sobre infidelidade. Um deles, angustiado, dá um trago no uísque que traz a tiracolo, confidenciando que a esposa o está traindo. O outro, nervoso, pede ao amigo para que mude de conversa. Mais para frente vamos entender o motivo dessa esquiva, mas enquanto isso eles interrompe a conversa para atender uma chamada no rádio. O caso parece complicado e embaraçoso, as diatribes amorosas entre uma junkie desmiolada e o seu dublê de gigolô.

Na confusão da situação um tiro no ar condena à cadeira de rodas David (Javier Bardem), que é o epicentro dessa trama regada a muita sensualidade, sacanagem e reflexão imoral e porque não bíblica sobre a natureza humana. Ou seja, não desejar a mulher do próximo. Tudo norteado pelas cores e calor vibrante da narrativa quente de Almodóvar, um mestre em explorar o lado mais libidinoso do ser humano.

A sequência mais perturbadora é quando o marido aleijado tenta seduzir a esposa para uma trepada e ela desdenha dizendo que não pode porque está morta de cansada porque trepou a noite toda com outro. Típico de Almodóvar.

* Este texto foi escrito ao som de: Entertainment! (Gang of four – 1979)

Gang of four

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s