Discoteca Básica (2) – Goats head soup (Stones)

A banda como ingredientes no caldeirão da sopa de bode musical

A banda como saboroso ingrediente no caldeirão da sopa de bode musical

A capa era estranhíssima e não condizia nem um pouco com as canções melancólicas do álbum que trazia também um título bizarro, Goats head soup, algo como Sopa de cabeça de bode. Uma referência ao pai dos sortilégios? Em se tratando dos Rolling Stones talvez sim porque Satã sempre foi uma obsessão da banda inglesa. O fato é que este  não foi o primeiro disco do grupo que comprei, mas durante toda a minha adolescência o mais desejado e tudo por conta da baladona Angie, dizem as más línguas, escrita para a mulher de David Bowie, que era amante de Mick Jagger. Ou seria de Keith? Whatever… 

Mas como fazer algo bom, interessante e impactante depois de petardos como Sticky fingers (1971) e Exile on main st. (1972)? Queira ou não, esse registro de 1973 traz algumas agradáveis surpresas que iam além do megassucesso imortalizado pelos violões épicos de Keith e Ron Wood. Bom, podemos começar por pérolas sonoras como a vibrante Doo doo doo doo doo (Heartbreaker) e sua estilosa e moderna guitarra cheia de efeitos.

Hide your love é os meninos revivendo os bons tempos de blues band do começo da carreira como se a energia ainda fosse a mesma, enquanto que Can you hear the music é aquele tipo de pseudo experimentalismo que eles tentam fazer quando querem fugir do arroz com feijão que mandam tão bem.

Mas duas músicas em especial me sensibilizam consideravelmente em Goats head soup. A desesperadora Winter, cantada de forma passional por Mick e a melhor de todas, Coming down again, com destaque para a performance sentimental de Keith, com seu estilo bem particular. Deleite-se com o solo de sax do insuperável Bobby Keys, morto recentemente.

* Este texto foi escrito ao som de: Goats head soup (The Rolling Stones – 1973)

Goats head soup

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s