Os Minions (2015)

As adoráveis criaturas amarelas agora tirando sarro na terra da Rainha

As adoráveis criaturas amarelas da Illumination agora tirando sarro na terra da Rainha

E quem disse que só atores coadjuvantes de verdade é que roubam a cena de protagonistas? Lançados como atração secundária em 2010 em Meu malvado favorito, as fofuchas, atrapalhadas e adoráveis criaturas amarelas que sempre tentam ajudar o vilão Gru a dominar o mundo nas fitas da Illumination Entertainment agora têm um filme só para elas. Os Minions (Minions, 2015), em cartaz desde o dia 25 de junho, já são uma febre mundial.

E como minhas sobrinhas estão de férias, lá fui eu com elas conferir o babado em torno dos amarelinhos. Eles são realmente formidáveis. Divertidamente formidáveis. Na trama dirigida por Pierre Coffin, o espectador fica sabendo da origem de tudo. Ou seja, desde quando eles eram meras amebas na pré-história da humanidade, passando pelos tempos das cavernas, à idade das trevas – servindo Drácula -, até chegar aos anos 60, em plena era de Aquários, sem encontrar ainda um vilão à altura de suas atrapalhadas crueldades.

O desfecho dessa aventura tem a ver com os dois filmes em que os bichinhos abilolados apareceram como coadjuvantes, mas isso é uma surpresa adorável que o espectador terá de descobrir sozinho junto com o trio Kevin, Stuart e Bob. O que vale registrar aqui é que, sem apelar para exageros visuais e roteiros pretenciosos, os estúdios podem e conseguem contar boas histórias, cativando desde crianças e adultos. O legal, além do carisma natural da criação do diretor de arte francês Eric Guillon, é a trilha sonora nostálgica sensacional que vai de Donovan aos Doors, passando pelos Turtles, Kinks, Stones e claro, Beatles, já que boa parte do enredo se passa na terra da Rainha.

É diversão garantida, vale o ingresso.

* Este texto foi escrito ao som de: Ultimate gospel (Elvis Presley – 2004)

Elvis Ultimate Gospel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s