O país dos tenentes (1987)

No filme Paulo Autran vive um general da reserva em crise moral

No filme, Paulo Autran vive um general da reserva em crise moral e existencial

Fato. O cinema do diretor mineiro João Batista de Andrade, de uma maneira ou de outra, sempre esbarra nos estertores da história do Brasil. O tronco (1999), baseado em romance primoroso do goiano Bernardo Élis, talvez sintetize essa premissa. O país dos tenentes (1987), que vi outro dia no Canal Brasil também. Gozado que já tinha ouvido falar dessa produção, remotamente, e nem imaginava quem era o diretor. Muito menos do que se tratava a trama protagonizado pelo monstro sagrado do cinema e do teatro, Paulo Autran.

Aqui ele é Gui, um general da reserva que, ao ser homenageado por uma multinacional alemã, sofre um processo remissivo e entra em crise existencial e moral, revisitando com isso 60 anos da história política brasileira. O ponto de partida é a revolta tenentista da década de 20. “Estes não são meus ideias”, repudia com a chegada de Getúlio Vargas ao poder, nos anos 30, interpretado por Leon Cakoff.

A reconstituição de época é honesta, convincente, em alguns momentos a direção de arte e iluminação até criam passagem líricas, com movimentos de sombras e tudo o mais, mas o diretor se perde na dramatização de algumas passagens que chegam a ser ridículas. Não gosto, particularmente, da cena da igreja. Mas me apetece e muito as cenas de delírios e bizarrice envolvendo o personagem de Paulo Autran.

* Este texto foi escrito ao som de: Pacific ocean blue (Dennis Wilson – 1977)

Dennis Wilson

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s