Lady Sweet – Musa da delicadeza

Perdi o sono ontem imaginando seu cheiro, tentando sentir seu calor, ouvir sua voz em minha imaginação...

Perdi o sono ontem imaginando seu cheiro, tentando ouvir sua voz em minha imaginação…

Ela é a musa dos meus pensamentos dia e noite com seu sorriso mágico e jeito delicado de ser. A garota que aplaca minhas angustias cotidianas, meus desesperos mais insanos só por existir. Mas nem sempre foi assim. Demorei um bom tempo para perceber que por trás daquela beleza de princesa da Disney, existia algo mais especial, um mundo de gentileza sem igual que eu não imaginava existir e que hoje é minha mais incessante fonte de vida. É nela que me inspiro para seguir a vida com um pouco de sabedoria e paciência, é ela a inspiração para eu ser uma pessoa melhor.

Ontem perdi o sono pensando nela. Imaginando seu cheiro, tentando sentir seu calor, ouvir sua voz em minha imaginação. E acredite, ela tem uma voz de veludo, uma voz doce de nuvem, de carícia e sonho que faz qualquer ser humano acreditar que a vida vale à pena, mesmo quando não vale à pena. Três, quatro horas da manhã e a insônia me castigava sem piedade, mas viver a vida inteira acordado pensando nela não é um castigo, mas um deleite dos deuses. Pudera todas as maldições do coração ser assim. Viver eternamente pensando em sua amada.

Delicadeza 3Como naquela canção de Scott Walker, ela é uma “duquesa com o mar persa correndo em suas veias”, a estrela da manhã e da noite brilhando em seus olhos e um feitiço de encanto e doçura esparramado num sorriso que é um lago de ternura. Gosto da maçã saliente de seu rosto, das duas pintas cheias de mistérios que ladeiam sua boca, do rubro caminho de seus lábios finos, dos olhos languidos carregados de meiguice. E é isso. Ela tem o dom da ternura em todos os seus traços e nem se dá conta disso, talvez anestesiada pela espontaneidade das verdadeiras musas. Desejava eu ter o talento de um daqueles pintores renascentistas só para imortalizar o seu sorriso mágico em uma obra de arte, transformar sua beleza numa obra-prima.

Mas eu sei que uma parte de mim é sombra e solidão. Porque ela está distante e, por direito, nos braços de outra pessoa. Alguém que a enlaça em seus braços todos os dias, como se ela fosse um jardim de rosas feito de carne e osso. E beija o néctar de sua boca como se ele fosse o elixir da eterna vida. Porque estar ao lado dela é ser eterno e inatingível. Mas outra parte é esperança e desejo. Desejo de um dia abraçar sua alma, me embriagar na saliva dos seus beijos. “Você nem sempre consegue tudo o que quer/Mas se você tentar, às vezes você consegue o que precisa”. (Jagger/Richards).

Lady Sweet transitava como a mulher-gato toda de preto e cabelos claros no meio da multidão. Sorriso mágico no rosto e uma áurea de delicadeza que até hoje me faz sentir como se existisse uma borboleta batendo asas dentro do meu peito e fazendo cócegas… E essa sensação tão boa que brinca lá dentro de mim me faz sentir como se eu fosse uma anjo da felicidade e alegria, mesmo quando muita coisa ao redor é cinza e triste…

 * Este texto foi escrito ao som de: Scott (Scott Walker – 1969)

Scott 4.1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s