Jukebox Sentimental – God only knows

Brian Wilson, o gênio atormentado por trás dos Beach Boys

Brian Wilson, o gênio atormentado por trás dos Beach Boys

Um disco inteiro com cheiro de parque de diversões, algodão doce ou algo parecido e não é Sgt. Pepper’s dos Beatles. Ainda. Gravado em 1966, o cultuado álbum Pet Sounds nasceu de uma resposta do gênio atormentado da banda Beach Boys, Brian Wilson, ao então revolucionário Revolver do fab four, enquanto este estava curtindo sua vibe beatlemaníaca em Hollywood. Isso porque todo mundo achava que os Stones de Mick Jagger e Keith Richards eram os grandes rivais dos meninos de Liverpool.

Enfim, marcado pelo experimentalismo pop e certa audácia invejosa, o trabalho do grupo californiano está entre os mais conceituados e influenciadores da música de todos os tempos. Para mim, simplesmente um dos mais revolucionários e queridos da minha estante mágica.

Uma catedral de vocais em cascatas construída, sutilmente, de forma elaborada, Pet sounds encanta pelo lirismo solar das canções, mesmo pontuadas por letras melancólicas como na quase metafísica, God only knows. Segundo Paul McCartney, um entusiasta apaixonado do disco, essa é a melhor canção romântica já escrita e não duvide disso porque o cara sabe do que está falando. “Só Deus sabe o que seria de mim sem você”, diz o refrão encantador.

Bem, os versos preferidos de Sir Paul são esses: “Se você algum dia me abandonar/A vida vai continuar/O mundo não pode me mostrar nada/Então que bem me faria”, diz o trecho e precisa falar mais alguma coisa?

Aliás, outro dia eu estava vendo um programa bacana em que o guitarrista dos Stones Ron Wood entrevistava o Paul McCartney em seu show de rádio e este disse, acho que comentando sobre as músicas escritas por Brian Wilson, algo assim: “Canções são pequenas vibrações tocando nosso coração, mas o efeito é poderoso”. Putz! É isso o que eu sinto quando ouço God only knows, entende? Era sobre essa sensação angelical que eu me referia quando disse sobre o efeito metafísico da canção…

O que me chama atenção em God only knows é a aparente simplicidade dela, mas em quase três minutos de música notamos camadas e mais camadas de sofisticação. Tanto que músicos medíocres como eu não consegue tirar, fácil, seus acordes no violão.

Bom, durante muito tempo os Beach Boys povoaram minha imaginação como uma simples banda de surfistas retentores do trinômio: Sol, praia e garotas. Ao ouvir Pet sounds pela primeira vez quase acreditei que eles fossem maior do que os Beatles. Não são, mas Brian Wilson é tão genial quanto Lennon e McCartney. God only knows…

* Este texto foi escrito ao som de: God only knows (The Beach Boys – 1966)

The only knows

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s