Gabriel Chalita nunca me enganou

O santo com semblante mefistofélico...

O santo com semblante mefistofélico…

Gabriel Chalita, com aquela cara de católico almofadinha, nunca me enganou. Não sei se a reportagem da Veja desta semana sobre os escândalos envolvendo o seu nome e o de um assessor, é confiável – já que a revista não é -, mas independente da denúncia, nunca botei minha mão no fogo pelo sujeitinho. Ora bolas, se não coloco a mão no fogo nem por mim, porque diabo colocaria por ele?

Sempre achei o cara um oportunista, fazendo de sua fé fajuta e amizade com padres-celebridades, um trampolim para o sucesso. E que progresso. Em pouco tempo o jovem escritor e político triplicou seu patrimônio em não sei quantas vezes e, no entanto, tem muita gente por aí que duvida que ele vendeu o tanto de livro que fala que vendeu.

Aliás, nem sabemos, de fato, se o cara é autor dos próprios livros. Há suspeita, segundo a reportagem da Veja, de que Gabriel Chalita, outrora secretário de Educação de São Paulo, no governo Alckmin, faz parte de um esquema de pagamento de uma equipe de ghost writers. Que coisa feia hein seu “Charlitão!”.

Bom, de santo, ele não tem nada. Para falar a verdade, até esboça traços mefistofélicos, é só prestar atenção, mire. De qualquer forma, comecei a implicar com o cara depois que li sobre o ridículo episódio da banheira, noutra reportagem da Veja. Caramba, não posso confiar, nem levar a sério um sujeito que comemora a chegada de uma nova banheira de seu chique apartamento com um grupo de amigos como plateia. Além de gay é patético.

E pensar que nas últimas eleições para deputado o malinha foi o terceiro deputado mais votado do país, ficando atrás, entre outros, do palhaço Tiririca. Como eu disse, não é uma pessoa para se levar a sério. Só espero que esses escândalos dê pé e desmascarem de vez o Gabriel Chalita que ninguém conhece. Sim, porque não sei vocês, mas eu ele nunca enganou. Que caia a máscara!

* Este texto foi escrito ao som de: The Wild, the innocent & the E Street Shuffle (Bruce Springsteen  – 1973)

Bruce springsteen

Anúncios

2 comentários sobre “Gabriel Chalita nunca me enganou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s